“Chica Égua”: promotor denuncia e pede investigação de banda

Publicado em 25/06/12 às 09:21

Titular da Promotoria da Mulher pede a Vilma Alves instalação de inquérito contra banda “Chica Égua”.

O promotor de justiça Francisco de Jesus, titular da Promotoria da Mulher em Teresina, encaminha, nesta segunda-feira (25/06), à delegada da Mulher, Vilma Alves, requisição para que seja instaurado procedimento penal para identificar os integrantes da banda “Chica Égua”.

Eles são acusados de divulgar fotos e músicas que promovem a violação do gênero mulher, a dignidade e a reputação. A investigação tem como base a Lei Maria da Penha. A informação é da coluna “Órbita”, da jornalista Cinthia Lages, do Jornal Meio Norte.

LÉIA TAMBÉM: 'Chica Égua' vai estar lá: músicas com letras pornográficas devem ser proibidas em Barras

O promotor de Justiça declarou que, após analisar o material, irá recomendar que os músicos se abstenham de fazer tal divulgação, ou, se julgar procedente, ajuizar uma ação civil pública par proibir a divulgação.

Francisco de Jesus decidiu investigar a banda após a publicação no Facebook de uma foto em que uma garota aparece praticando cenas obscenas, sob olhares da plateia, em um dos integrantes da banda, durante show realizado no bar “A Fazenda”.

Dentro os hits da banda, conhecida por letras que tratam de sexo, estão “Bota Voce ta no Pau” e “Venha de ré”.







Fonte: Clica Piauí
Edição: Redação

Comente pelo Facebook

 
© Copyright 2009/2013 - O Melhor Do Piauí - Conteúdo é aquí! Todos os direitos reservados.
Entrar